Quinta, 26 de Maio de 2022
PolíticaMT Infalível

Medeiros usa morte de Tampinha para “atacar” eficácia de vacina

Deputado lamentou a perda do ex-parlamentar e disse que “mil” iriam “justificar a infalível vacina”

21/01/2022 às 13h14
Por: Leandro Campos Fonte: Davi Vittorazzi | Midia News
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

O deputado federal José Medeiros (Podemos) usou a morte do médico e ex-deputado José Tampinha, na quinta-feira (20), para ironizar a eficácia das vacinas contra a Covid-19.

 

Em uma publicação nas redes sociais, Medeiros citou que o médico foi um dos primeiros profissionais da saúde a ser vacinado no Estado e que com sua morte irão aparecer diversas justificativas para defender o imunizante.

 

"Meu amigo Tampinha tomou todos os cuidados, ficou totalmente isolado durante 2020, foi o primeiro a se vacinar, infelizmente perdemos essa guerra, virão as mil justificativas agora para a infalível vacina", disse ele na publicação feita no Twitter.

 

Conforme os cientistas, nenhuma vacina oferece 100% de proteção contra doenças, mas, sim, reduzem as chances de infecção, hospitalização e mortes. Se a pessoa que ficar doente já tiver comorbidades (doenças associadas), sua chance de desenvolver o quadro mais grave da doença é maior, mesmo já tendo sido vacinada.

Tampinha tinha 72 anos e estava internado no Hospital Oswaldo Cruz, em São Paulo (SP), desde sábado (15). Ele teve diverticulite em setembro e passou 45 dias internado. Nesse período, perdeu muito sangue.

 

A maior parte do seu estômago precisou ser retirado. Há cinco anos ele também teve um aneurisma, informou a família. 

 

O irmão do ex-deputado, o empresário Joaquim Curvo, conhecido como Quinco, contou que ele contraiu a Covid no Réveillon, no Rio de Janeiro.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.