Quarta, 26 de Janeiro de 2022
Geral Aula de Campo

Laudo aponta que menino morreu afogado em cachoeira

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) apontou que o estudante Daniel Hiarle Arruda de Oliveira, 14, morreu afogado em uma das cachoeiras próximas ao Véu de Noiva, em Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte).

07/01/2022 às 15h48
Por: Leandro Campos Fonte: Jessica Bachega/GD
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) apontou que o estudante Daniel Hiarle Arruda de Oliveira, 14, morreu afogado em uma das cachoeiras próximas ao Véu de Noiva, em Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte). Não havia marcas no corpo que sugerissem algum tipo de violência sofrida pelo menino.

A avaliação sobre as causas da morte do menino foi concluída em 15 de dezembro será encaminhada à Polícia Civil, que apura o caso. A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) acompanha o trabalho de investigação, mas não tem um procedimento próprio em relação ao falecimento.

A morte do menino ocorreu no dia 6 de dezembro, durante passeio promovido pela Escola Estadual Welson Mesquita de Oliveira, antiga Escola Pascoal Ramos, ao ponto turístico. Havia dezenas de alunos acompanhados por professores e, na hora de voltar, foi sentida falta de 3 meninos.

Após procura, dois foram encontrados e informaram que a vítima havia caído na cachoeira. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu localizar o corpo, horas depois, a cerca de 3 metros de profundidade na água.

A família a relatou, na época, que soube do sumiço do menino por colegas, que a escola não deu qualquer orientação ou suporte.

O caso segue sob investigação da Polícia Civil.

PARTICIPE DO GRUPO DO SITE HORA NEWS MT NO WHATSAPP ATRAVÉS DESTE LINK.

SIGA O HORA NEWS MT NO INSTAGRAM ATRAVÉS CLICANDO AQUI.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.