Terça, 30 de Novembro de 2021
°

-

Polícia Incremento de Pessoa

Governo nomeia mais 26 delegados para a Polícia Civil de Mato Grosso

Depois de formados na Academia, os profissionais serão lotados em unidades do interior do estado, conforme definição do Conselho Superior da Polícia

17/11/2021 às 19h39
Por: Leandro Campos Fonte: Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT
Compartilhe:
Foto: Hora News MT
Foto: Hora News MT

O Governo de Mato Grosso nomeou mais 26 delegados para a Polícia Civil. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 16 de novembro, pelo governador Mauro Mendes, no Palácio Paiaguás, junto com secretários de estado, gestores e o deputado estadual João Batista. 

Os novos 26 profissionais se juntarão aos 19 delegados que já estão em formação técnica na Academia da Polícia Civil e irão, a partir do próximo, reforçar as delegacias no interior de Mato Grosso. 

As novas nomeações foram possíveis, de acordo com a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, após um intenso trabalho de gestão e busca pelo reequilíbrio das contas públicas, o que possibilitou o chamamento para a recomposição do quadro de delegados na Polícia Civil, que vem sofrendo redução crescente nos últimos seis anos.

“Esses policiais penais terão papel importante para a gestão das nossas unidades prisionais, principalmente no interior do estado, assim como os novos delegados que vão repor a necessidade em muitas delegacias que precisam desses profissionais. De igual maneira os novos auditores que atuarão na Controladoria. Que todos sejam muito bem-vindos”, afirmou o governador, ao assinar as nomeações que incluem também as categorias de policiais penais e auditores. 

O delegado-geral da Polícia Civil, Mário Dermeval, informa que nas próximas semanas, a instituição dará a posse aos novos delegados, que depois ingressarão no curso de formação técnica. 

“A Academia focará bastante na parte prática, na investigação aliada às peculiaridades que temos em nosso estado. Os novos profissionais também terão conhecimento e treinamento das novas tecnologias, como o inquérito policial eletrônico e outras ferramentas de inteligência artificial que vem sendo agregadas ao sistema para ampliar o escopo de investigação e de modernização da Polícia Civil. Esses profissionais vão ocupar espaços em cidades que estão sem titular, mas que a partir de 2022 receberão um delegado, além daquelas que vão ter um reforço”, pontuou o delegado-geral. 

Conforme a Secretaria de Planejamento e Gestão, os nomeados têm 30 dias para tomar posse. A relação dos documentos e exames necessários para a posse estão disponíveis aqui e as declarações a serem preenchidas aqui

Com informações da Assessoria/Seplag-MT

PARTICIPE DO GRUPO DO SITE HORA NEWS MT NO WHATSAPP ATRAVÉS DESTE LINK.

SIGA O HORA NEWS MT NO INSTAGRAM ATRAVÉS CLICANDO AQUI.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.