Terça, 19 de Outubro de 2021
°

-

Geral Fatalidade

Investigadora de MT morre de infarto durante férias em Fortaleza

Ela estava na capital cearense na companhia de algumas amigas também investigadoras

02/10/2021 às 19h22
Por: Leandro Campos Fonte: Lislaine dos Anjos/Mídia News
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

A investigadora da Polícia Civil de Mato Grosso, Luciane Barros, morreu na madrugada deste sábado enquanto passava férias em Fortaleza (CE). 

 

Ela tinha 46 anos e era lotada na Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (DEDDICA) de Cáceres.

 

Conforme apurou a reportagem, ela teria sido vítima de um infarto - que geralmente ocorre quando um coágulo bloqueia o fluxo sanguíneo para o coração. 

 

Luciane estava de férias na cidade acompanhada de amigas, também investigadoras da Polícia Civil, e familiares. O grupo se reunia em viagens periodicamente, há cerca de 10 anos, atividade essa interrompida por um bom tempo por causa da pandemia. 

 

Durante o dia a investigadora não teria se sentido bem e a noite, enquanto dormia, teve o infarto. 

 

Uma amiga percebeu que Luciane estava fazendo alguns sons estranhos e, quando ligou a luz do quarto, percebeu que ela estava tendo um ataque. 

 

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado. A equipe tentou reanimar a investigadora por cerca de 50 minutos, mas ela não respondeu aos estímulos. 

 

O corpo da investigadora está sendo transferido de Fortaleza para Cáceres. Não há ainda, no entanto, data prevista para a realização do velório e enterro dela. 


Segundo o delegado regional de Cáceres, Alex de Souza Cuyabano, Luciane era uma excelente profissional. “Muito triste pra gente, ela trabalhou pelo menos 10 anos da carreira diretamente comigo”, conta. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.