Domingo, 26 de Setembro de 2021
°

-

Geral Manifestação

Em MT, 15 cidades registram atos contra e pró Bolsonaro

Cuiabá e pelo menos outras 14 cidades de Mato Grosso registraram manifestações nesta terça-feira, feriado de 7 de Setembro, Dia da Independência.

07/09/2021 às 21h43 Atualizada em 07/09/2021 às 23h00
Por: Leandro Campos Fonte: G1/MT
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Cuiabá e pelo menos outras 14 cidades de Mato Grosso registraram manifestações nesta terça-feira, feriado de 7 de Setembro, Dia da Independência. Foram registrados atos contra e a favor o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Na capital, foram realizados dois atos simultâneos. Uma carreata na Avenida do CPA, a favor do governo, e uma caminhada de manifestantes contrários, saindo da Fundação Bradesco até a praça do bairro Jardim Vitória.

Os atos desta terça-feira (7) foram convocados por Jair Bolsonaro acontecem em meio a embates do presidente com o Supremo Tribunal Federal (STF), e em um contexto de uma acentuada crise econômica e também de queda na popularidade e nas avaliações sobre a atual administração.

As manifestações convocadas são pautadas por ameaças antidemocráticas a ministros do Supremo e ao Congresso.

De manhã, também foram registrados atos contra o atual governo, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, Rondonópolis e Tangará da Serra, o chamado Grito dos Excluídos, mobilizado por movimentos sociais.

Os manifestantes protestaram na BR-364 e BR-163, em Rondonópolis; Lucas do Rio Verde; Sorriso; Sinop; Guarantã do Norte; Matupá; Pontes e Lacerda e Nova Mutum, desde o início da manhã, a favor do governo. Em dois trechos, houve restrição de passagem de veículos de carga, exceto com carga viva e produtos perecíveis.

De acordo com a concessionária Rota do Oeste, que administra a BR-163, as manifestações começaram a ser registradas às 7h50.

Em Aripuanã e São José dos Quatro Marcos também tiveram manifestações na região urbana, favoráveis à gestão Bolsonaro.

E, em alguns desses pontos das rodovias, os atos não seguiram até a tarde. Já foram encerradas as manifestações em Matupá, Guarantã do Norte e Pontes e Lacerda.

Já em Nova Mutum, no km 598 da BR-163, o trânsito foi interditado totalmente à tarde.

Em dois trechos da BR-163, em Rondonópolis e Lucas do Rio Verde, os manifestantes impediram a passagem de veículos de carga, exceto os que transportam produtos e perecíveis e carga viva, por um período, mas liberaram pouco tempo depois.

Caminhoneiros e outros manifestantes ocuparam trechos das BR-163, BR-364 e BR-174, em atos a favor de Bolsonaro.

Em Rondonópolis, a concessionária Rota do Oeste, que administra trecho da BR-163, informou que um veículo tentou furar bloqueio e foi apedrejado por manifestantes.

A concessionária informou também que trabalha em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) para garantir a segurança de todos os usuários da rodovia. A empresa informa ainda que acompanha a situação e, caso necessário, fará distribuição específica de seu efetivo.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.