Domingo, 25 de Julho de 2021
(65) 9.8455-7418
PolíticaMT Segue para Sanção

Assembleia Legislativa aprova retorno parcial de torcedores aos estádios em Mato Grosso

Todas as medidas de biossegurança para prevenir o contágio por Covid-19 deverão ser adotadas e a capacidade máxima permitida será de 35% da capacidade total das praças esportivas

19/07/2021 21h29 Atualizada há 6 dias
Por: Leandro Campos Fonte: Hiper Notícias
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em sessão convocada nesta segunda-feira (19), Dia Nacional do Futebol, os deputados limparam a pauta de votação. Um dos projetos que segue para a sanção do governador Mauro Mendes é o 572/21, que autoriza o retorno parcial do público nos estádios de futebol de Mato Grosso, de autoria do primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho (DEM), com coautoria do presidente da ALMT, deputado Max Russi (PSB).

A abertura ao público deverá ocorrer mediante protocolos de biossegurança estabelecidos para zelar pela saúde física e mental dos participantes. As medidas de segurança serão determinadas entre os times de futebol e a administração local, envolvendo os setores de segurança pública, saúde e outros necessários para a implementação e fiscalização.

Botelho disse que essa proposta é o pontapé para voltar, aos poucos, a ter público durante as partidas para os jogos que estão sendo realizados, a exemplo do time do Cuiabá na série A.

“É uma atitude que visa a valorização do esporte, do nosso futebol e as pessoas que já estão vacinadas. Sempre primando pelo protocolo de biossegurança. Precisamos voltar, de forma gradual, a frequentar os estádios, desde que seja dada essa garantia de teste negativo de covid-19 ou que esteja imunizado”, disse Botelho, ao colocar Mato Grosso na vanguarda e que, se sancionado, o governo encaminhará a proposta para a Confederação Brasileira de Futebol - CBF.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.