Domingo, 25 de Julho de 2021
(65) 9.8455-7418
Polícia Violência em MT

Advogado é assassinado com tiro na cabeça durante arrastão em chácara

O crime aconteceu no sábado (17), dentro de um condomínio de alto padrão, em Juscimeira. Diversos veículos e outros objetos das vítimas foram levados pelo bando.

18/07/2021 12h28
Por: Leandro Campos Fonte: Daffiny Delgado/Repórter MT
Reprodução
Reprodução

Um advogado, identificado como João Anaides Cabral Neto, de 49 anos, foi assassinado com um tiro na cabeça, no sábado (17), durante um arrastão num condomínio de chácaras de alto padrão, no município de Juscimeira (157 km de Cuiabá).

A situação aconteceu no loteamento Flor do Vale, localizado às margens do Rio São Lourenço. De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi informada que homens armados invadiram o local e roubaram veículos e outros objetos de valor de três propriedades.

 

Todas as vítimas, entre elas seis crianças, foram amarradas. Um dos criminosos abriu a porta do banheiro onde João estava e atirou na cabeça dele. Depois disso, o bando fugiu levando um SW4 e a Hilux do advogado.

Na primeira chácara os bandidos levaram R$ 1 mil e a caminhonete Hilux. Da segunda, pegaram uma Ford-350 verde. Na terceira e última propriedade, estavam o advogado e outra pessoa que também foi trancada no banheiro enquanto os bandidos faziam o limpa.

Uma ambulância chegou a ser acionada, mas ele já foi achado sem vida.

Buscas foram realizadas e a polícia conseguiu recuperar a caminhonete Ford-350 abandonada nas proximidades do local do crime.

Ainda não se tem informações do que motivou a morte de João. A Polícia Civil investiga o caso.

A diretora da OAB de Rondonópolis emitiu uma nota de pesar pela morte do profissional e exigiu a imediata apuração do ocorrido: "Externamos a todos os amigos e familiares os nossos sinceros sentimentos e orações”, diz trecho da nota.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.