Domingo, 25 de Julho de 2021
(65) 9.8455-7418
Polícia Dupla Função

PM investiga sargento em MT que acumula cargo de cozinheiro no RS

Militar também se envolveu em acidente

10/07/2021 13h14
Por: Leandro Campos Fonte: Midia News
Reprodução
Reprodução

A Polícia Militar de Mato Grosso publicou um edital de citação para tornar pública uma sindicância instaurada contra um 3º sargento reformado para apurar a irregularidade de acúmulo de cargo, pois além de policial militar reformado ele ocupou a função de cozinheiro na prefeitura de Pelotas (RS) por três anos, no período de 1º de setembro de 2017 a 1º de junho de 2020.

No documento, consta que houve tentativas de localizar o militar O.B.R, num apartamento do bairro Jardim dos Ipês em Cuiabá e também por carta precatória e outro endereço do município de Pelotas. Contudo, “não foi encontrado e ninguém soube do seu paradeiro, estando assim em lugar incerto e não sabido”.

Agora, com a publicação do edital no Diário Oficial do Estado (Iomat), o militar ter um prazo de 20 dias para comparecer no Quartel do Comando Regional em Cuiabá. Nesse caso, ele deverá se direcionar à Diretoria de Gestão de Pessoas, no horário das 13h às 18h, para “fins de ser qualificado e interrogado sobre os fatos, e nesse dia poderá estar acompanhado de defensor para assistir-lhe na sindicância, possibilitando-lhe o acompanhamento de toda instrução, bem como pedidos de diligências e oitiva de testemunhas”.

A sindicância foi instaurada no início de maio deste ano pela Corregedoria da Polícia Militar e está sob a responsabilidade do subtenente Marcelo dos Anjos Soares. Caso o 3º sargento que será investigado não compareça ao ato, o processo correrá à revelia.

ACIDENTE COM MORTE

Essa é a segunda vez que o mesmo policial militar é citado por edital para responder a sindicância instaurada contra ele. Nos meses de abril e maio de 2015 foram feitas publicações no Diário Oficial do Estado para notificar o 3º sargento  O.B.R, de uma sindicância instaurada para investigar um acidente que ele provocou e fugiu do local sem prestar socorro às vítimas. Na ocasião, o 3º sargento estava bêbado e não possuía habilitação.

Os editais publicados afirmam naquela trazem detalhes de uma denúncia onde consta que o 3º sargento O. B.R trafegava na Avenida Eduardo Gomes, no bairro Santa Maria, em de várzea Grande, conduzindo um veículo VW Gol de cor branca por volta das 18h40 e colidiu o carro contra uma motocicleta Trax de cor preta conduzida por Carlos Alberto Barros Carvalho, que morreu em decorrência do acidente.

PARTICIPE DO GRUPO NO WHATSAPP DO SITE HORA NEWS MT, E FIQUE BEM INFORMADO EM NOTÍCIAS, VAGAS DE EMPREGO, ÚTILIDADE PÚBLICA E MUITO MAIS! CLIQUE AQUI.

SIGA O HORA NEWS MT NO  INSTAGRAM, CLIQUE AQUI.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.