Domingo, 25 de Julho de 2021
(65) 9.8455-7418
Geral Sorriso

MPE denuncia mulher que matou e esquartejou o filho em MT

Segundo o MPE, Ramira Gomes da Silva, de 22 anos, entendeu que filho era um impecilho

14/06/2021 21h03
Por: Leandro Campos Fonte: Midia News
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Promotoria de Justiça Criminal de Sorriso (a 420km de Cuiabá) denunciou Ramira Gomes da Silva, de 22 anos, por homicídio triplamente qualificado do filho de quatro meses de idade e ocultação de cadáver.

 

O crime ocorreu no dia 14 de maio. Conforme a denúncia do Ministério Público, a mãe agiu “imbuída de animus necandi (vontade de matar), impelida por motivação torpe, mediante meio cruel e com recurso que dificultou a defesa da vítima”.

As investigações policiais apontaram que Ramira desejava se mudar para outro estado, onde mora a mulher com a qual começou a se relacionar à distância, virtualmente.

 

Para facilitar a mudança e viabilizar a própria relação afetiva, acreditando que o bebê fosse um empecilho para seus planos, a denunciada deu uma pancada na cabeça da criança, causando sua morte.

 

 

Thank you for watching

Após o crime, Ramira da Silva destruiu e ocultou o cadáver do filho. De acordo com as investigações, a mãe amputou os quatro membros do corpo em cima da pia da cozinha da própria casa, colocou os braços e as pernas em potes e colocou-os numa lixeira. Na sequência, enterrou os restos do bebê no quintal da residência.

Atualmente, a denunciada está presa preventivamente na Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, em Cuiabá.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.