Terça, 15 de Junho de 2021
(65) 9.8455-7418
Cidades Grupo prioritário

Servidores do Detran vão a Justiça para serem vacinados em MT

Sindicato alega que categoria é do grupo da Segurança Pública

05/06/2021 10h39
Por: Leandro Campos Fonte: Diego Frederici/Folha Max
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O juiz da Vara de Ação Civil Pública e Ação Popular de Cuiabá, Bruno D’Oliveira Marques, deu 15 dias para o Sindicato dos Empregados do Departamento Estadual de Trânsito (Sinetran-MT) “provar que existe”. O grupo exige na Justiça que a classe de trabalhadores do órgão seja vacinada contra o novo coronavírus (Covid-19), mas deve comprovar nos autos sua representação sindical junto ao Ministério da Justiça e Segurança Pública.

A decisão do juiz é do último dia 26 de maio. O magistrado determinou que caso o Sinetran-MT não comprove sua representação sindical, o processo que pede a vacinação dos servidores do Detran contra o Covid-19 será extinto.

“O documento acostado se trata de ‘extrato de cadastro’ emitido na data de 19.02.2015, no qual consta data do término de mandato da diretoria aos 03.11.2014. Assim sendo, intime-se o sindicato autor para, no prazo de 15 dias, regularizar a sua representação, sob pena de extinção, devendo, para tanto, juntar documento hábil a comprovar o seu registro perante o Ministério da Justiça e Segurança Pública”, determinou o magistrado.

Segundo informações do processo, a ação do Sinetran “tem por objetivo obrigar o governo a incluir os servidores ora substituídos no grupo prioritário de vacinação, notadamente, por serem pertencentes a segurança pública e estarem expostos a grande contato com o público no desenvolvimento das atividades precípuas da autarquia, para que sua vacinação seja iniciada de forma imediata”.

Os trabalhadores alegam que no último dia 7 de maio o Governo do Estado determinou o retorno ao trabalho de forma presencial “sem garantir a vacinação dos servidores, expondo-os ao risco de contaminação”.

Ainda de acordo com informações do Sindicato, seis servidores do Detran de Mato Grosso perderam a luta contra o Covid-19 até o momento.

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE ATENTO NAS NOSSAS NOTÍCIAS, CLIQUE AQUI  

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.