Terça, 15 de Junho de 2021
(65) 9.8455-7418
Covid-19 Contra Aglomerações

Para frear Covid, 3 cidades de MT decretam lei seca e "lockdown" no domingo

Consumo de bebidas nos bares está proibido em Nortelândia, Arenápolis e Nova Marilândia

03/06/2021 19h59
Por: Leandro Campos Fonte: Folha Max
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Preocupados com o crescente número de casos e mortes nas cidades de Nortelândia e Arenápolis, os prefeitos Zema Fernandes e Éder Marquis, respectivamente, decidiram em conjunto, tomar medidas mais duras com o objetivo de reduzir o contágio pelo coronavírus, e editaram simultaneamente decretos instituindo lei seca nas cidades desde esta quinta-feira (03) até ás 5hs da manhã de segunda-feira (07). No domingo (06) foi decretado lockdown, e só será permitido o funcionamento de farmácias, postos de gasolina e padarias, estas últimas somente até as 11hs da manhã.

Embora com menos casos que os outros dois municípios, mas dada a proximidade, o prefeito de Nova Marilândia, Jefferson Souto, decidiu acompanhar os colegas, e também repetiu as mesmas medidas na sua cidade. “Os municípios são muito próximos um do outro, e para evitar que as pessoas se deslocassem, decidi acompanhar os colegas prefeitos e decretar lei seca e lockdown, porque assim creio que contribuiremos para reduzir o número de casos” justificou Souto.

Eder Marquis, disse que o número de casos tem aumentado muito na sua cidade, assim como o de mortes, e que para evitar neste feriadão as aglomerações, principal responsável pelo crescimento dos números, decidiu tomar as medidas e convidou os colegas vizinhos a fazer o mesmo. “Os casos aumentaram muito e isso nos preocupa, temos perdido grandes amigos, e um feriadão como este certamente redundaria em muitas aglomerações, por isso a lei seca e o lockdown, visando evita-las. Nosso objetivo é preservar vidas” disse ele.

Marquis agradeceu os colegas prefeitos pela sensibilidade, que entenderam a necessidade de implementar as medidas em conjunto e evitar o fluxo de pessoas entre as três cidades.

Zema Fernandes, também enfatizou a importância das ações conjuntas, e fez questão de dizer que a fiscalização será intensa nos municípios, e os infratores flagrados descumprindo o decreto serão multados. “Infelizmente se deixarmos apenas pela população, não conseguiremos sensibiliza-los ao ponto de evitarem as festinhas e aglomerações, e proibindo a venda de bebidas alcoólicas com o lockdown no domingo, acreditamos na redução da propagação da doença”, frisou Fernandes.

Todo o comércio das cidades, incluindo mercados, armazéns, lanchonetes, bares e congêneres estão terminantemente proibidos de vender bebidas alcoólicas, nem mesmo na modalidade delivery, bem como houve limitação no horário de funcionamento. No domingo foi instituído lockdown, e todos estão proibidos de abrirem as portas, exceto padarias, farmácias e postos de gasolina.

As medidas receberam apoio de grande parte da população, comerciantes e até manifestação favorável do Promotor de Justiça Arthur Yasuhiro Kenji Sato e do Comandante da Policia Militar nas cidades, Tenente Bruno Campos, além de populares. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.