Sábado, 15 de Maio de 2021
(65) 9.8455-7418
Polícia Flagrante

Polícia Civil prende homem com 15 galões de defensivos em quarto de hotel em MT

Um homem em posse de 15 galões de defensivos agrícolas com sinais de adulteração foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (26.04), em Primavera do Leste (231 km ao sul de Cuiabá).

26/04/2021 18h20
Por: Leandro Campos Fonte: Assessoria/Polícia Civil-MT
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um homem em posse de 15 galões de defensivos agrícolas com sinais de adulteração foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (26.04), em Primavera do Leste (231 km ao sul de Cuiabá). A prisão do suspeito de 46 anos ocorreu após denúncia de que ele estava com materiais ilícitos armazenados dentro de um quarto de hotel.

A diligência contou com a participação de policiais da Delegacia Municipal, Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), e da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso (DEDMCI) do município.

As diligências iniciaram após policiais civis receberem denúncia de que havia duas pessoas hospedadas em um hotel que estavam em posse de armas, drogas e venenos agrícolas dentro do quarto. Imediatamente, os policiais foram até o endereço indicado para averiguação da denúncia.

Assim que o hóspede abriu a porta do quarto, os policiais viram 15 galões de defensivos agrícolas, de 20 litros cada. Segundo informações, havia outra pessoa hospedada com o suspeito, porém o comparsa não estava no momento da abordagem policial.

Questionado sobre os galões, o suspeito disse que comprou 15 galões de agrotóxico, porém dividiu a carga para realização do transporte e que a nota fiscal viria apenas na segunda remessa de produtos transportados. Os produtos já estavam vendidos para um terceiro que buscaria a mercadoria em no hotel.

Como havia indícios de adulteração do produto nas embalagens e adesivos, os policiais entraram em contato com a empresa fornecedora, que constatou que o número do lote que estava nos defensivos era inexistente.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Primavera do Leste, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de produzir, comercializar ou usar, substância tóxica perigosa ou nociva à saúde humana, meio ambiente ou em desacordo com a Lei.

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE INFORMADO NAS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO ESTADO DE MATO GROSSO, CLIQUE AQUI.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.