Domingo, 11 de Abril de 2021
(65) 9.8473-0999
Dólar comercial R$ 5,68 1.81%
Euro R$ 6,75 +1.72%
Peso Argentino R$ 0,06 +1.76%
Bitcoin R$ 358.760,45 +2.126%
Bovespa 117.669,9 pontos -0.54%
Economia Geração de empregos

Com 70% da obra concluída, shopping em Sinop tem a previsão de gerar mais de mil empregos diretos

serão instaladas 118 lojas

25/03/2021 16h25
Por: Wilmar Erasmo Fonte: Só Notícias
Reprodução Só Notícias
Reprodução Só Notícias

A obra do Shopping Sinop, que deve ser inaugurado em setembro desse ano. O empreendimento, que já está com 70% das obras concluídas, conta com mais de 40 mil metros quadrados de área construída, onde serão instaladas 118 lojas, inclusive, dez âncoras e quatro megalojas, que são grandes varejistas do Brasil.

De acordo com o investidor, o projeto do Shopping Sinop deve receber R$230 milhões de reais em investimentos até a sua conclusão. Sua estrutura utiliza modernos recursos sustentáveis, visando a redução dos custos condominiais para os empresários, como a cobertura com sistema TPO, iluminação em led e luz natural, reaproveitamento de águas pluviais, fachada com painéis isotérmicos, entre outros.

Na fase de obras, o empreendimento gera 250 empregos diretos e após a sua conclusão, com o shopping em funcionamento, deve gerar mais de mil empregos diretos. “Essa é uma obra que foi pensada para atender toda a região norte do estado e sul do Pará. Com ela percebemos que Sinop está no radar de grandes empresas, gerando emprego e renda para a nossa cidade”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico de Sinop, Klayton Gonçalves.

O empresário investidor e idealizador do empreendimento, Roberto Martins, explica que a estrutura do shopping é maior do que a cidade comportaria, porque os sócios acreditam no potencial de cidade.

“Esse shopping é muito audacioso. Sinop tem uma vocação muito grande de atender a região, aqui é um portal de serviços para todo o norte do Estado”, pontuou.

Para o prefeito, um grande empreendimento como o Shopping Sinop é importante para demonstrar a força da cidade, por ser polo regional, e a potência de crescimento exponencial.

“Sabemos que essa pandemia vem assolando o país e mesmo assim esses empreendedores não pararam as obras e estão aqui gerando emprego e renda para a nossa cidade”, afirma Dorner ao ressaltar que “queremos que a nossa cidade cresça e desenvolva ainda mais”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.