Quinta, 25 de Fevereiro de 2021
(65) 9.8455-7418
Polícia Porto dos Gaúchos

Polícia Civil prende homem que matou e jogou irmão de PM em cova de cemitério

Testemunha viu momento em que a vítima e o assassino discutiam na porta do cemitério, além de revelar detalhes sobre o acusado à polícia; assassino tentava fugir quando foi preso

22/02/2021 15h58
Por: Redação Hora News MT Fonte: Repórter MT
Reprodução
Reprodução

A Polícia Civil de Porto dos Gaúchos (663 km de Cuiabá) prendeu em flagrante um homem, nome não informado, acusado pelo homicídio de Mateus Riato, de 18 anos, ocorrido na noite do sábado (20).

A Delegacia da Polícia Civil do município foi comunicada sobre um corpo encontrado numa cova no cemitério da cidade, na manhã do domingo (21). A equipe foi até o local para checar as informações e descobriu que a vítima era irmão de um policial militar.

Em investigação para esclarecer o crime, os policiais civis localizaram uma testemunha ocular que presenciou a vítima e o assassino, de 23 anos, discutindo na porta do cemitério na madrugada de sábado para domingo. Segundo a testemunha, o criminoso agrediu a vítima, forçando-a a entrar no cemitério e, logo após, escutou disparo de arma de fogo.

A partir das informações coletadas, a Polícia Civil identificou o bandido e conseguiu prendê-lo quando tentava fugir do município. Ele foi encaminhado à delegacia, onde foi autuado em flagrante e permaneceu em silêncio durante o interrogatório.

Durante as diligências, os policiais coletaram diversos elementos de informação, como testemunhos e conversas em aplicativos que embasarão o inquérito.

O delegado de Porto dos Gaúchos, João Antônio Batista Ribeiro Torres, representou pela conversão do flagrante em prisão preventiva.

As investigações continuam para averiguar se há outros envolvidos e a motivação do crime.  

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.