Terça, 15 de Junho de 2021
(65) 9.8455-7418
Cidades Primavera do Leste

Jovem de 20 anos morre ao ficar na linha de tiro entre PM e criminosos

Uma jovem identificada como Luana Regina de Assis, de 20 anos, morreu ao ficar na linha de tiro entre policiais militares e criminosos, na madrugada desta quinta-feira (4), no bairro Poncho Verde, em Primavera do Leste (a 240 quilômetros de Cuiabá).

04/02/2021 18h43
Por: Leandro Campos Fonte: Olhar Direto
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Uma jovem identificada como Luana Regina de Assis, de 20 anos, morreu ao ficar na linha de tiro entre policiais militares e criminosos, na madrugada desta quinta-feira (4), no bairro Poncho Verde, em Primavera do Leste (a 240 quilômetros de Cuiabá).

O episódio foi registrado por volta das 04h40. Segundo informações da Polícia Militar, uma equipe foi acionada para uma ocorrência de furto na Igreja Deus é Amor. Os policias foram até o local e se depararam com dois suspeitos, que resistiram a abordagem.
 
Um criminoso de 20 anos teria colocado a mão na cintura e simultaneamente, o segundo teria pego um revólver. Na oportunidade, ele teria atirado contra os policiais que revidaram.
 
Houve uma troca de tiros e o ladrão de 20 anos foi atingido nas nádegas e preso. O outro suspeito entrou no interior de um veículo VW G6, cor preta, conduzido por um homem de 27 anos e ambos fugiram.
 
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recebeu informações da fuga e após cerca de 1h, conseguiu abordar o carro com o criminoso de 27 anos. Ele informou que o comparsa fugiu com a arma usada no crime.
 
No banco traseiro do carro, os agentes da PRF visualizaram uma mulher deitada. Ela foi identificada como Luana Regina de Assis, de 20 anos, que estava ferida por um tiro na região do ombro direito e já em óbito.
 
Conforme a PM, em razão da geometria relacionado à posição do carro e dos suspeitos no momento da primeira abordagem na igreja, dois tiros atingiram o veículo, sendo um na tampa do porta-malas e outro na porta traseira direita.
 
A Perícia Técnica (Politec) irá confirmar se o tiro que matou a mulher partiu da arma dos policiais militares. A ação terminou com dois suspeitos preso, o carro e R$ 2,5 mil apreendidos.
 
O Comando do 11º Comando Regional de Primavera do Leste informou que por se tratar de ocorrência com morte por intervenção do agente do Estado, foram adotadas todas as medidas relacionadas à apuração das circunstâncias do fato e conduta dos policiais, entre elas a instauração de procedimento investigatório e a apreensão da arma para perícia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.