Sábado, 16 de Janeiro de 2021
(65) 9.9696-8266
Polícia No ato

Policias libertam homem de ser morto durante ‘salve’ em Cuiabá

O grupo só aguardava a ordem para matá-lo. Durante a tortura escutava todo momento que iria morrer. O motivo seria o roubo de um celular ocorrido no bairro.

05/01/2021 09h46
Por: Redação Hora News MT Fonte: Maricelle Lima Vieira | PMMT
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Policiais do 24º BPM prenderam nesta segunda-feira (04.01) quatro homens e apreenderam uma adolescente por formação de quadrilha, tortura e tentativa de homicídio, no bairro Nova Esperança I, na capital.

A informação chegou via 190 de gritos de um homem pedindo socorro próximo de um campo de futebol. No local, dois suspeitos aos perceberem a presença da viatura correram para os fundos da casa.

No imóvel, os militares encontraram um homem amarrado com fios de luz e ferimentos pelo corpo. Um terceiro suspeito pulou o muro da casa. Dentro da residência estava uma adolescente e um homem, seriam os donos da propriedade.

Em conversa com o homem que estava amarado, ele contou que  levava um salve de integrantes de uma facção criminosa. O grupo só aguardava a ordem para matá-lo. Durante a tortura escutava todo momento que iria morrer. O motivo seria o roubo de um celular ocorrido no bairro.

Ele apontou um dos homens detido como o responsável pelas sessões de agressões. Disse ainda que a adolescente registrava tudo pelo celular. Ele também apontou o suspeito que fugiu. Este foi detido durante diligência pelo bairro.

Na vistoria na casa, os policiais encontraram porções de droga e dinheiro. Um dos criminosos recebeu atendimento médico em uma unidade de saúde devido uma queda no muro durante tentativa de fuga. Ele foi medicado e liberado para seguir com o bando até a delegacia.

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE ATENTO NAS NOSSAS NOTÍCIAS, CLIQUE AQUI.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.