Sábado, 16 de Janeiro de 2021
(65) 9.9696-8266
Polícia Crime Chocante

Menor de 17 é detido e confessa morte de jovem após festa em MT

A Polícia Civil de São José do Rio Claro apreendeu neste domingo (03.01) um adolescente de 17 anos por suspeita de envolvimento no homicídio da jovem Letícia dos Santos Silva, 18 anos.

03/01/2021 15h37 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Hora News MT Fonte: Folha Max
Reprodução
Reprodução

A Polícia Civil de São José do Rio Claro apreendeu neste domingo (03.01) um adolescente de 17 anos por suspeita de envolvimento no homicídio da jovem Letícia dos Santos Silva, 18 anos.

O corpo da garota foi encontrado com perfurações de faca, em meio a uma plantação, neste domingo (03.01), após a polícia receber uma denúncia. O local onde foi localizado o corpo da vítima é próximo a onde ela foi vista pela última vez, um lugar chamado ‘Morrinho da luz’, onde foi realizada uma festa clandestina.

Letícia estava desaparecida desde o dia 1º, depois que saiu com primos e amigos para ver a queima de fogos da virada do ano na praça da cidade. Conforme o boletim de ocorrência registrado por seu pai na Delegacia da Polícia Civil de São José do Rio Claro, a filha saiu da praça em que estava e seguiu para um local chamado ‘morrinho da luz’, onde estava ocorrendo uma festa. O pai tentou contato por telefone e também na casa de amigos e parentes, mas a garota não foi localizada em nenhum dos lugares onde foi procurada.

A equipe de investigação realizou diligências, com apoio das demais forças de segurança e também  de uma aeronave do Ciopaer, desde o registro da ocorrência, mas ela não foi localizada.

Foram realizadas oitivas de todas as pessoas que tiveram contato com a vítima e algumas apresentaram informações desencontradas.

No local onde o corpo foi encontrado, peritos localizaram uma chave de motocicleta. Em diligências, os policiais averiguaram que a chave pertence à motocicleta de um dos rapazes que estava com a vítima. O menor foi aprendido e na delegacia confessou o homicídio.

De acordo com a delegada Angelina Andrade, o adolescente será autuado em flagrante pela prática do ato infracional análogo a homicídio qualificado (artigo 121§ 2º, inciso IV - à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa da vítima).

As diligências continuam para apurar o possível envolvimento de outras pessoas e a motivação do crime.

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E FIQUE ATENTO NAS NOSSAS NOTÍCIAS, CLIQUE AQUI.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.