Segunda, 18 de Janeiro de 2021
(65) 9.9696-8266
Polícia 2 Dias de Terror

Pai vê filha beijando amiga e a "tranca" em casa em Cuiabá

Caso foi registrado noite dessa quarta-feira (02) no bairro Morada do Ouro, em Cuiabá.

04/12/2020 09h52
Por: Redação Hora News MT Fonte: Folha Max
Reprodução
Reprodução

Uma garota de 15 anos, nome não revelado, relatou à Polícia Militar (PM) que passou os dois dias de terror em sua casa, no bairro Morada do Ouro, em Cuiabá. A jovem foi espancada, humilhada e ameaçada de morte pelo próprio pai, de 36 anos. As agressões começaram na segunda-feira (30).

O motivo do crime seria porque o homem viu uma fotografia no celular da filha, onde a adolescente estaria beijando uma amiga.

De acordo com o boletim de ocorrência, um vizinho da vítima teria pedido ajuda à uma viatura da Polícia Militar (PM) que passava pela região. O popular se identificou e relatou que sua sobrinha estaria sendo espancada pelo pai. A testemunha passou o endereço da casa e os militares seguiram para o local.

Na residência, foi feito contato com a adolescente, que relatou que há dois dias o pai pegou o celular dela para ‘vasculhar’ e começou a agir de forma agressiva. Durante a noite dessa quarta-feira (02), o acusado encontrou uma fotografia da filha beijando outra garota, quando começou a agredir a menor com tapas no rosto e socos na costela.

A garota ainda pediu socorro, pois, estava sentindo muitas dores na região das costelas. Ressaltou também que não consegue dormir e nem se alimentar desde que o pai pegou o celular dela, devido às ameaças e agressões. 

O acusado recebeu voz de prisão em casa e foi encaminhado à Delegacia Especializada na Defesa dos Direitos da Mulher (DEDDM). O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e a jovem encaminhada para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.