Segunda, 18 de Janeiro de 2021
(65) 9.9696-8266
Polícia Pontes e Lacerda

Bandido que estuprou e matou idosa na frente do marido doente é preso pela PM

Criminoso que estuprou e matou Mirian Fernanda Macedo Nascimento, de 65 anos, na frente do marido na tarde de domingo (29) no bairro São Cristovão, em Pontes e Lacerda (a 442 km de Cuiabá), é preso pela Polícia Militar, nesta segunda ( 30), traficando próximo ao miniestádio.

01/12/2020 15h34
Por: Redação Hora News MT Fonte: RD News
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Criminoso que estuprou e matou Mirian Fernanda Macedo Nascimento, de 65 anos,  na frente do marido na tarde de domingo (29) no bairro São Cristovão, em Pontes e Lacerda (a 442 km de Cuiabá), é preso pela Polícia Militar, nesta segunda ( 30), traficando próximo ao miniestádio.

Em depoimento aos militares, ele disse que estuprou sim a mulher. E que entrou na casa pois notou a vulnerabilidade da vítima e fechou a porta da frente da casa. “Foi para o quarto onde havia o senhor deitado na cama de casal e que a estupro na frente do esposo dela”, diz trecho do boletim de ocorrência.

Uma guarnição foi acionada por uma denúncia anônima, informando que o homem estava de camisa roxa vendendo drogas. Quando os militares chegaram, flagraram o suspeito perto do Posto Guaporé que, após a abordagem, empreendeu fuga, mas em determinado momento, perdeu o equilíbrio vindo a cair ao solo causando escoriações.

Durante busca pessoal, o suspeito resistiu ao ser algemado. Com ele, foi encontradas cinco porções análogas à pasta base de cocaína. Ainda no momento da abordagem, ele foi reconhecido por ser suspeito do estupro seguido de morte ocorrido no dia 28.

Policiais mostraram imagens ao idoso que, mesmo debilitado após sofrer um AVC, reconheceu o autor do estupro e morte de sua companheira. O criminoso estava de tornozeleira eletrônica e disse que estava desligada há pelo menos dois dias.

O caso

O esposo foi levado para o Hospital Santa Casa de Pontes e Lacerda. A casa foi encontrada totalmente revirada pela Polícia Militar. Manchas de sangue foram encontradas em uma fralda e roupas pelos militares. Um prato para uso de drogas foi localizado próximo ao muro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.