Sábado, 05 de Dezembro de 2020
(65) 9.9696-8266
Geral Querência

Mulher queimada pelo marido diz que não consegue olhar no espelho

Camila Laiane, de 26 anos, sofreu uma tentativa de feminicídio no dia 6 de novembro; ela precisa de fraldas, cadeira para tomar banho, pomadas e até remédio para dor

22/11/2020 00h44
Por: Redação Hora News MT Fonte: Repórter MT
Reprodução
Reprodução

Camila Laiane de Jesus Vitor, de 26 anos, que teve 80% do corpo queimado em uma tentativa de feminicídio, no dia 6 de novembro, em Querência (945 km de Cuiabá), pede ajuda para o tratamento e até mesmo para manter a alimentação.

Camila teve 80% do corpo queimado após o seu marido, de 62 anos, colocar fogo nela. Ele foi preso em flagrante, no Hospital Municipal da cidade. O homem chegou na unidade de saúde como se nada tivesse acontecido e sentou na recepção aguardando a melhora da mulher. Foi onde a polícia o encontrou.

Após o crime, a vida de Camila nunca mais foi a mesma. Em entrevista à Rádio Interativa da região, ela conta que sempre foi uma mulher vaidosa, mas agora foge dos espelhos. “Agora eu estou com trauma até se sair da minha própria casa”, afirmou a mulher.

Camila conta que precisa de uma cadeira de banho, pois para ela é difícil. “Não é fácil eu me locomover, pelo fato de ter cozinhado o sangue dos meus pés”.

Ela diz que precisa da ajuda porque não tem meios dela trabalhar. “A minha mãe não pode trabalhar porque ela tem que cuidar de mim. O único que pode trabalhar é o esposo dela e ele tem que manter todo mundo, não é fácil. Então, a gente está passando por algumas necessidades”, explica.

Camila Laiane tem três filhos. Eles não estão com a mulher por conta da sua situação. Mas eles estão sendo cuidados por uma avó e pelo pai.

Para ajudar Camila, você pode enviar materiais como fraldas de pano, roupas largas, cadeira para tomar banho, pomadas e até mesmo alimento. A jovem pede até mesmo remédio para dor.

A Rádio Interativa se propôs a receber as arrecadações e repassar para Camila. A rádio fica na Av. Norberto Schwantes nº 512 - Centro - Água Boa – MT ou pelo número (66) 3468-3997.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.