Sábado, 05 de Dezembro de 2020
(65) 9.9696-8266
Covid-19 Vítimas da Covid-19

MT revisa dados e contabiliza mais 2,7 mil casos e 83 mortes

Foram identificadas e corrigidas inconsistências que retinham os dados no sistema

12/11/2020 22h27
Por: Redação Hora News MT Fonte: Midia News
Foto: Tchélo Figueiredo - Secom/MT
Foto: Tchélo Figueiredo - Secom/MT

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) revisou o banco de dados da Covid-19 em Mato Grosso e constatou a retenção de aproximadamente 2 mil casos confirmados da doença.

 

De acordo com a Vigilância Epidemiológica Estadual, foram identificadas e corrigidas inconsistências que retinham os dados no sistema.

 

A correção resultou no aumento acumulado dos casos confirmados da Covid-19 e de cerca de 70 óbitos registrados entre março e novembro de 2020. Portanto, os casos não são recentes e não estão ativos, conforme a Secretaria. O número de recuperados também foi impactado pela correção.

 

No boletim divulgado na quarta-feira (11), Mato Grosso havia contabilizado 148.623 casos e 3.943 mortes. Com a correção, esse número foi elevado para 151.391 casos e 4.026 mortes.


Assim, houve um aumento de 2.768 casos e 83 mortes, incluindo os números dos dados corrigidos e das últimas 24 horas.

 

Dos 151.391 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 5.004 estão em isolamento domiciliar e 141.953 estão recuperados, sendo registradas 2.678 recuperações a mais do que ontem.

 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 129 internações em UTIs públicas e 112 em enfermarias públicas. Isto é, taxa de ocupação está em 32,01% para UTIs adulto e em 13% para enfermarias adulto.

 

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (31.810), Rondonópolis (11.288), Várzea Grande (10.925), Sinop (7.811), Sorriso (6.539), Lucas do Rio Verde (6.005), Tangará da Serra (5.899), Primavera do Leste (5.112), Cáceres (3.574) e Nova Mutum (3.180).

  

Os dados ainda apontam que um total de 119.417 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 350 amostras em análise laboratorial.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.