Sexta, 04 de Dezembro de 2020
(65) 9.9696-8266
Política Durante Eleições

Gilberto critica prefeitos e alerta para riscos da pandemia durante período eleitoral

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, detonou a condução das campanhas eleitorais pelo desrespeito às medidas sanitárias contra a Covid-19.

28/10/2020 22h56
Por: Redação Hora News MT Fonte: Hiper Notícias
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, detonou a condução das campanhas eleitorais pelo desrespeito às medidas sanitárias contra a Covid-19. Gilberto, que ressaltou que o Estado passa por um "platô" no número de casos, afirmou que, apesar da tendência natural do aumento do número de casos, muitos gestores agem "como se a pandemia já tivesse acabado". 

"É um momento muito desconfortável para se ter uma pandemia porque coincide com o período eleitoral. Gestores que praticamente já sabem que não estarão governando deixam de lado o assunto, infelizmente a pandemia, para muitos, parece que já acabou", lamentou o gestor, durante evento do governo, nesta quarta-feira (28). 

Gilberto também não poupou críticas à população, que vem relaxando nos cuidados preventivos, como o uso de máscara, o distanciamento social e a higienização das mãos. 

"Há de se dizer que é um comportamento da população, num momento das eleições os candidatos acabam incentivando e pela força da necessidade de fazer campanha, fazem eventos com aglomeração de pessoas. O comportamento é como se a pandemia já tivesse acabado e não acabou", frisou o secretário. 

Figueiredo ainda explicou que o Estado registra média de 700 novos casos por dia, mas, apesar dos números de contágio que continuam subindo, segundo o titular da Pasta de saúde, o principal índice monitorado neste momento é a taxa de ocupação nos leitos do Sistema Único de Saúde (SUS). 

"Estamos em um numero médio de 700 casos por dia, mas a parte boa é que caiu o numero de internações. O indicador mais importante que monitoramos é a demanda pelas internações e isso está em decréscimo, mas a tendência natural, por força das campanhas, da própria eleição e do período de férias que se avizinha é ainda continuar ampliando o número de casos", complementou. 

O secretário aproveitou a ocasião para fazer um alerta à população. "Estamos em pandemia e é importante que a população continue atendendo os chamamentos para se proteger porque quando a doença ataca, para alguns é fatal", disse.

Números da pandemia 

Mais 582 casos de Covid-19 foram notificados à Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), na tarde desta quarta-feira (28), totalizando 142.346 contágios em Mato Grosso. De acordo com a Pasta, desde o início da pandemia, foram registrados 3.828 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado, isto é, 11 nas últimas 24 horas. 

Dos 142.346 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 5.462 estão em isolamento domiciliar e 132.576 estão recuperados, o número corresponde a 93% do total.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.