Sábado, 24 de Outubro de 2020
(65) 9.9696-8266
Polícia O Machão

Homem é preso por agredir esposa mais de 70 vezes em Cuiabá

Um homem investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) por mais de 70 registros de violência doméstica praticados contra a sua convivente foi localizado e preso pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (30.09), em Cuiabá, após uma denúncia recebida pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

30/09/2020 23h56
Por: Redação Hora News MT Fonte: Folha Max
Reprodução
Reprodução

Um homem investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) por mais de 70 registros de violência doméstica praticados contra a sua convivente foi localizado e preso pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (30.09), em Cuiabá, após uma denúncia recebida pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

O suspeito estava com a ordem de prisão decretada pela 1ª Vara de Violência Doméstica da Capital com base nas investigações do inquérito policial instaurado na DEDM.

A denúncia anônima recebida pelos policiais da DRE relatava que um foragido da Justiça, com perfil extremamente violento, estava morando em um condomínio no bairro Coophema.  Ainda segundo as informações, o suspeito estaria pensando em fugir da cidade e deixar os seus filhos em um abrigo.

Com base nas informações passadas, os policiais da DRE realizaram checagem no sistema e descobriram o mandado de prisão em aberto contra o suspeito. Em continuidade às checagens, foram encontrados mais de 70 registros de violência doméstica envolvendo o suspeito e sua companheira.

Com base nas informações recebidas, os policiais iniciaram o monitoramento do endereço informado, conseguindo flagrar o foragido em frente ao condomínio.

Após ter a ordem judicial cumprida, o suspeito foi encaminhado à Delegacia da Mulher, onde foi interrogado e em seguida tomadas todas as providências cabíveis para prisão e continuidade das investigações no inquérito.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.