Domingo, 27 de Setembro de 2020
(65) 9.9696-8266
Geral Saúde

Ação de saúde no Norte de MT testa 929 motoristas da BR-163 para coronavírus; 31 apresentaram sinais da doença

Testagem ativa buscou identificar casos não cuidados de caminhoneiros e encaminhá-los para um atendimento adequado

10/09/2020 15h47
Por: Redação Hora News MT Fonte: Raquel Ferreira/Assessoria
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A ação de saúde para caminhoneiros da região norte da BR-163/MT realizou testes de Covid-19 em 929 motoristas profissionais e acompanhantes, levando cuidados extras a essa categoria que segue na linha de frente para garantir o abastecimento do país. Realizada por meio de parceria entre Concessionária Rota do Oeste, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Prefeitura de Lucas do Rio Verde e Rumo Logística, a iniciativa ofereceu o serviço de forma gratuita na rodovia.

 

Os dados coletados, com base nos resultados dos testes, apontam que 781 participantes não tiveram contato com o novo coronavírus, 31 pessoas contaram com resultado positivo para o reagente IgM, indicando que estavam com a doença ainda na fase transmissiva; 72 testes foram reagentes para IgM+IgG e 43 para IgG. Importante ressaltar que os testes rápidos utilizados não têm poder de diagnóstico oficial e todos os que indicaram sinais da doença foram encaminhados ao sistema regular de saúde.

 

Segundo a equipe de Vigilância em Saúde da Prefeitura de Lucas do Rio Verde, o reagente positivo para IgM sugere a presença de infecção ainda em fase transmissiva. Esses pacientes foram orientados ainda no local para buscarem atendimento médico especializado para cuidar da saúde de forma satisfatória.

 

Com relação ao resultado positivo para IgM+IgG, significa que pode existir uma infecção tardia ou recente. Neste caso, durante a ação do norte, o participante foi avaliado para identificar se teve algum sintoma e quando isso ocorreu. Os motoristas que tinham apresentado algum sintoma nos últimos 15 dias também foram orientados a procurar um médico, pois poderiam estar com o vírus ativo.

Para o gerente de Relações Institucionais da Rota do Oeste, Roberto Madureira, o resultado final dos testes demonstra que ainda há motoristas que ignoram os sintomas da doença e, por vezes, até mesmos seus perigos. A intenção do evento foi identificá-los e conscientizá-los. “A maioria dos motoristas toma os principais cuidados, mas ainda vemos aqueles não dão a devida atenção, seja por compromissos profissionais ou por descrença na gravidade da doença. Nosso papel foi justamente trazer informação a eles e encaminhar os casos suspeitos ao sistema de saúde, contribuindo para a saúde dos próprios e das pessoas que convivem com eles”.

 

A oferta de testes gratuitos ocorreu entre 24 de agosto e 4 de setembro, no Posto Ciriema, localizado às margens da BR-163, em Lucas do Rio Verde. “A iniciativa faz parte de um ciclo de ações realizadas no trecho sob concessão pela Rota do Oeste e parceiros desde o início da pandemia, sempre com foco nos caminhoneiros. As atividades sempre estiveram pautadas na prevenção, cuidados, orientações, imunização e agora a disponibilização de testes, explica o gerente

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.