HORA NEWS FACEBOOK
Duas na Mesma Cova

DNA confirma que mulher desaparecida foi morta pelo ex e enterrada no quintal dele

Os restos mortais são da vítima Talissa de Oliveira Ormond, 22 anos, que estava desaparecida desde 2013. Benildes Batista de Almeida, 39 anos, também foi enterrada na mesma cova.

19/07/2019 13h13
Por: Redação Hora News MT
Fonte: Repórter MT
207
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Instituto de Medicina Legal (IML) confirmou na manhã desta sexta-feira (19), o resultado do exame de DNA realizado nos restos mortais da vítima, Talissa de Oliveira Ormond, 22 anos, que teve a ossada localizada em maio desde ano, enterrada no quintal da casa de Adilson Pinto da Fonseca, 48 anos, no bairro Nova Conquista, em Cuiabá. Ela estava desaparecida desde julho de 2013.

 

A informação foi repassada pelo delegado Fausto Freitas, que também confirmou que o inquérito da morte da jovem já foi concluído pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). Adilson Pinto, 48 anos, foi preso em flagrante por ocultação de cadáver e homicídio qualificado (o crime foi anterior à lei do feminicídio). Ele já responde ação penal na Justiça.

Ele também matou a ex-mulher Benildes Batista de Almeida, 39 anos, e enterrou o corpo dela na mesma cova em que Talissa. Ela foi considerada desaparecida em dezembro de 2013. A ossada dela também foi encontrada na cova no quintal do assassino.

O inquérito da morte de Benildes deve ser relatado e encaminhado ao Fórum nos próximos dias. Os autos dessa investigação estavam no Fórum, que uma vez por ano pede a remessa de todos os casos em trâmite na DHPP, para correição e depois devolve à Delegacia

“Agora vamos juntar outros documentos colhidos nesse período ao inquérito e encaminhar ao Ministério Público Estadual, para que o suspeito também possa ser denunciado por essa morte”, disse o delegado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.